Colecionador vende acervo particular de veículos antigos! Americana - SP

Venda de acervo particular.

O site AUTO ANTIQUE CARROS ANTIGOS disponibiliza o seu acervo antigo de coleção particular para interessados. Não sou comerciante.

Atenção: Somente negócios "CASH". Negociação à vista no ato da venda. Não aceito sinal, não faço trocas, não hospedo outros veículos, não financio.

Todos veículos com IPVA 2015 Integral,
DPVAT e Licenciamento 2015 pagos.

Entre em contato

Preencha nosso formulário de contato. Clique aqui.

Se preferir, ligue:

(19) 9 9847.6688
(19) 3604.2654
(19) 3461.0572
(19) 9 9961.6969









Todos os veículos




CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

O site Autoantique, é um domínio pertencente a uma só pessoa, um colecionador de autos antigos particular. Este domínio foi criado na Internet com o intuito de desfazer do acervo particular. Os veículos pertencem a mesma pessoa física, e a veiculação direta tem o intuito de reduzir o custo da venda eliminando intermediários e revendedores. O candidato a compra deve estar ciente desde já que estes veículos são peças de coleção e não servem para o uso comum do dia a dia. Muitos fabricantes de veículos antigos de coleção já não existem mais ou descontinuaram por completo linhas de produtos. O comprador deverá enxergar o veículo antigo como um ser sobrevivente ancião, órfão de pai e de mãe. O comprador deverá entender que se trata de peça de museu ou de exposição com deslocamento muito limitado, sendo comum deslocar carros de coleção para eventos sobre cegonheiras ou plataformas. O comprador e vendedor assumem que havendo a concretização de um negócio entre ambos será uma compra e venda entre iguais pessoas físicas, e concordam mutuamente mediante contrato específico que a venda será efetivada entre particulares, e que portanto não é de forma alguma uma operação comercial, aceitando ambos de livre e espontânea vontade que os preceitos do código de defesa do consumidor são de todos ineficazes e inaplicáveis. Tratando-se de veículos velhos e antigos com 15, 20, 30, 40, 50 até 80 ou 100 anos de idade, os mesmos já passaram pela mão de muitos donos e sofreram a ação do desgaste natural do uso e que muitas ou a maioria de suas peças e componentes estão severamente comprometidas, ou no fim de sua vida util. Há quem use um veículo antigo para um passeio, mas estas pessoas submeteram o veículo a uma restauração total e global, não sendo este o meu caso. O veículo anunciado a venda pode ter tido pouco uso, mas a ação do tempo já corroeu seus componentes de tecido, metal, madeira, plásticos, vidros, borrachas, lubrificantes e outros materiais, portanto ambos concordam ser um ato de insanidade mental requerer qualquer espécie de garantia de funcionamento ou de originalidade um automóvel antigo, velho e jurássico dinossauro. Os veículos com placa preta estão limitados a terem uma originalidade de 80%, mas não se pode confundir originalidade com funcionamento e sempre 20% não serão originais. Os carros de placa cinza devem ser recebidos como bons no estado em que se encontram. Ambos reconhecem que não será um ato justificável exigir o seu funcionamento, devendo o comprador se interessado a concretizar o negócio examinar o bem e requerer um laudo de seu mecânico ou pessoa de sua confiança, e tomar sua decisão consciente. Se resolver pela concretização de compra receberá o bem no estado em que se encontra, sem ressalvas a abrir mão de reivindicar garantias ou indenizações ulteriores ou impor clausulas de garantia a qualquer título, pois o vendedor recusará efetuar o negócio. O comprador concordará em receber o bem comprado sem ressalvas ou exigências quanto a originalidade, composição de acessórios, itens, como ferramentas, porcas, manuais, conjuntos e sub -conjuntos que o compõe. E se houver algo faltante isentará o vendedor à troca-las por peças originais, até por serem por vezes inexistentes, ou muito difícil e talvez mais cara que o próprio bem. Os veículos antigos, principalmente os importados mas sem excluir os de fabricação nacional, com mais de 16 anos não possuem via de regra peças originais e as peças que possuem podem ter sido adaptadas, e mesmo que sejam de reposição serão sempre peças " parecidas " com as originais, mas poderão se tratar de itens de 2a. linha talvez de má qualidade eis que não passaram pelo crivo dos órgãos certificadores de qualidade e durabilidade das montadoras. O veículo antigo ainda sofre inexoravelmente a nefasta ação do tempo que faz com que os materiais percam eficácia após longo e prolongado desuso, embora eventualmente originais já estão fora de sua validade do fabricante. Baterias, pneus, borrachas, platinados, guarnições, componentes soltos, alavancas, luzes, todo sistema de freio, embreagem, câmbio automático, motor, transmissão, itens de acabamento, etc, apodrecem e se tornam quebradiços ou enferrujados. Mesmo sendo original estas peças enferrujam, apodrecem, esfarelam, e se desfazem fruto da ação das intempéries e da ação longa do desgaste a que foram submetidos ou do tempo "a chamada doença do carro parado". Desta maneira o comprador terá toda liberdade de examinar o veículo durante o dia, a sol, a descoberto, podendo testar resguardado as limitações da antiguidade do veículo, cujo desempenho à sua época era muito aquém dos atuais, podendo ser-lhe-á facultado um "test-drive". Em nenhum momento a qualquer título e em qualquer tempo será concedido o impossível de dar garantia sobre o funcionamento, originalidade e composição dos veículo. O vendedor somente aceitará a efetivação do negócio se o comprador isentar a priori o vendedor de toda e qualquer tipo de responsabilidade contratual, aceitando o comprador não reivindicar qualquer tipo de indenização, reposição de peças, falta de itens obrigatórios, ferramentas e itens de fábrica, ou indenizações por quebras ou falhas quaisquer que sejam. O comprador aceitará contratualmente não reivindicar conserto, ou indenização por qualquer item ou qualquer vício oculto ou redibitório de toda e qualquer natureza imaginável a qualquer título e em qualquer tempo. O comprador reconhecerá que o proprietário do acervo particular não é comerciante, e que o site será removido do ar assim que os vendidos particulares do mesmo dono forem vendidos, e isto deve ser reconhecido de forma expressa pelo comprador. As regras do direito comercial e do Código de Defesa do Consumidor portanto não se aplicam e o vendedor recusará efetuar a venda, exceto se o comprador compreender a natureza própria de um negócio, caso queira comprar será uma transação entre iguais pessoas físicas e portanto abrindo mão de toda sorte de garantias, direitos indenizatórios ou reclamação sobre eventuais vícios ocultos e redibitórios posteriores ou atuais qualquer que seja a justificativa ou pretexto, nenhuma garantia, reposição, pagamento ou indenização será paga jamais. Se o veículo for comprado ambos comprador e vendedor aceitarão que a venda será efetiva da condição irretratável, irrevogável e irretorquível.



O comprador terá toda a liberdade de ver, examinar, testar e experimentar com ou sem o seu mecânico de confiança os veículos aqui anunciados.
Os veículos antigos negociados, por terem mais de 20/30 até 80 anos de idade serão aceitos como bons no estado em que se encontram, independentemente de
vício oculto ou redibitório visual ou posterior, sem nenhum compromisso de garantia a qualquer título e em qualquer tempo, de nossa parte. © Copyright 2015